6 dicas infalíveis do Simples Nacional

6 dicas infalíveis do Simples Nacional

Por Contabilidade Carioca, empresa associada e Contadores da Assespro-RJ

Se você é dono ou sócio de uma das 716 mil empresas excluídas do Simples Nacional, dia 31/01 é o último dia para regularização.  Portanto se você optar pela adesão do Simples Nacional tem que correr pois o prazo está acabando!

Pensando nisso fizemos 6 dicas infalíveisque evitarão sufocos no futuro.

Dica 1: Gestão Financeira.

A regra do Simples Nacional prevê que o seu imposto será cobrado em relação à receita dos últimos 12 meses. Desta maneira, ter o controle do que foi vendido é primordial para calcular sua alíquota.  Gestão financeira é fundamental!

Dica 2: Regularidade Fiscal.

Como existe uma integração entre os órgãos municipais, estaduais e federais, a fiscalização é muito eficaz, desta maneira quem está em atraso, ou com valores declarados incorretamente é fundamental procurar se adequar o quanto antes para evitar multas.

Outro fato que necessita de total atenção é quem tem parcelamento de impostos, onde é importantíssimo manter os impostos atuais em dia.  O maior problema em não se manter a regularidade fiscal é o desenquadramento do Simples!

Dica 3: Linha de crédito.

Com o Simples, as startups e outras empresas terão maior abertura para buscar investimentos, uma boa opção para se buscar o empréstimo é o governo, através do BNDES e o FINEP com as linhas de crédito abaixo;

  • BNDES MPME Inovadora: financiamentos de até R$ 20 milhões para projetos de inovação realizados por micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) com faturamento anual de até R$ 90 milhões.
  • FINAME BK Produção:financiamento para indústrias que fabricam equipamentos para a produção de máquinas, equipamentos, bens de informática e automação.
  • BNDES Automático: projetos de Investimento: financiamento de até R$ 20 milhões para projetos de investimento de empresas de todos os setores.
  • BNDES Giro: programa BNDES de Capital de Giro: financiamento para capital de giro
  • BNDES Microcrédito: empreendedor: financiamentos de até R$ 20 mil a microempreendedores formais e informais.
  • Cartão BNDES: crédito pré-aprovado para aquisição de bens e serviços credenciados no Portal de Operações do Cartão BNDES.

Saiba mais lendo a matéria 5 passos para conseguir crédito para sua empresa.

Dica 4:  Sobre a licitação.

Se a sua empresa participa de licitações o prazo para apresentar as certidões negativas contará a partir da data do resultado da ocorrência.  Nunca deixe para última hora!

Dica 5: Parceria e Profissionalismo.

Alguns setores como salões e barbearias terão a oportunidade de deduzir a comissão dada aos profissionais no imposto.  Desta maneira a empresa só pagará impostos sobre o que ficar pra ela.  Muito importante dentro deste cenário é que você como proprietário do estabelecimento, exija que o profissional parceiro (MEI ou autônomo) tenha as declarações corretas e emita as notas fiscais.

Dica 6: Contador, seu melhor amigo.

Procure estar mais próximo do seu contador.  Discuta mudanças, estratégias.  Você tem abertura para agendar um cafezinho com ele?  Faça um planejamento tributário para o ano com o apoio dele, faça um acompanhamento mensal, para isso é importante você sempre manter o contato.

Caso tenha alguma dúvida, não hesite em nos procurar!

Venha para a Contabilidade Carioca!  Conte com a expertise de quem ama o que faz a mais de 20 anos.

WhatsApp 21-97195-4256

Romulo Aguiar – Empreendedor de conteúdo, especialista em marketing digital e Social Media.

 

Sem comentários

Fazer comentários

Associe-se agora mesmo!